sexta-feira, março 28, 2008

Do Público

Mais professores querem trocar a sala de aula pela reforma antecipada

Pois é. Também tenho pensado nisso; vão-se perder os melhores, os mais experientes, os mais criativos, os mais capazes de dar a volta à sua vida.

Mas também vão surgir oportunidades para os mais novos. Aliás, a forcinha para sairmos é evidente: dois pelo preço de um, tendencialmente não sindicalizados, vulneráveis, moldáveis, enfim, tudo de bom.


Por mim, quero ver primeiro o porta-aviões ir ao fundo.

6 comentários:

José Santos disse...

Sim, Idalina Jorge, também já me pareceu que, à semelhança do que fizeram grandes empresas como a Telecom, Electricidade de Portugal e outras, querem despachar os que têm mais de 56 anos, mesmo que isso signifique perder os melhores profissionais, para meterem pessoal mais jovem. Bom para eles, que bem precisam.

bell disse...

No meu grupo vamos ficar praticamente sem titulares. Anda tudo a fazer contas ao tempo que lhe falta, a ver quanto perdem e optam, quase sempre, pela reforma antecipada.

Paideia disse...

Bell!
Como vais?
Feliz 3º. período!

Herr Macintosh disse...

Idalina,

com um pouco de sorte talvez consigamos afundar primeiro o barco de três canos e alguns submarinos :-) .

Paideia disse...

Olá, Herr Macintosh!
A ideia é a mesma. Onde vês um primeiro o barco de três canos, eu vi um porta-aviões. Eu sou um bocadinho néscia em matéria de equipagem.


Mas que eles vão ao fundo, lá isso vão!

:)
Bom 3º. Período.

Herr Macintosh disse...

Idalina,

eu cá sou mais radial. Jihad pra cima e afundanço da frota toda! Bom 3º período também para ti.