segunda-feira, abril 07, 2008

"A violência nas escolas não se resolve na Justiça".
Noronha de Nascimento


Nós sabemos que a violência nas escolas não se resolve na Justiça. O problema é que, não tendo a Justiça resolvido alguns casos que deveria ter resolvido, contribuiu para o seu agravamento. Assim, por falta de comparência sua, o princípio que estaria certo vai ter que ser sujeito a mais excepções que as necessárias, se a justiça tivesse intervindo na altura e na dose certas.
Vamos todos ter que emendar um pouco a mão, porque ninguem está isento de responsabilidades.

1 comentário:

Luiz Navarro disse...

Temos exatamente o mesmo problema nas escolas brasileiras. A violencia tem se tornado uma realidade muito desagradavel. Provavelmente, os aspectos da violencia em escolas daqui sejam um tanto diferentes das escolas em Portugal. Infelizmente, a discussao ainda nem chegou as eferas do Judiciario e violencia em escolas tem sido tratado como caso de policia.