quarta-feira, agosto 29, 2007

Será que o meio transforma a mensagem???



Apesar da retórica vanguardista que acompanha as experiências educativas através da Internet, da minha experiência e observação concluo essencialmente que, na maioria das vezes, a tecnologia mais não é do que a extensão de outras formas de apresentação do currículo, reforçando o paradigma do ensino centrado no professor e baseado na passividade dos estudantes.

Se a tecnologia não cataliza mudanças nos processos de ensino e de aprendizagem, se não induz a uma experimentação na área da cognição, se não promove o envolvimento activo e a reflexão dos estudantes, então de que vale utilizá-la?
As tecnologias podem efectivamente melhorar a forma como se ensina e se aprende, mas para isso, é necessário que tornem o que se aprende mais significativo e as aprendizagens mais profundas.
Para tal, os professores têm de as usar de forma a que promovam a interactividade, a colaboração e a comunicação.

1 comentário:

IC disse...

"Se a tecnologia não cataliza mudanças nos processos de ensino e de aprendizagem, se não ........ então de que vale utilizá-la?"
Não me canso de apelar a que se escreva em muitos blogues (e não só em blogues)sobre essa questão. Enquanto é tempo, atrevo-me a acrescentar.